Powered By:
Android Advice

Diário de Solteiro

As 4 regras do amor livre. Digo, da ficada.

Publicado por Fernanda Pineda em 26 março, 2009 às 12:10 am | 33 comentários

Tags: , , , , ,

Este novo modelo de relacionamento moderno aparenta ser o mais desregrado de todos. Sem limites, sem cobranças, sem mela-cueca nem chororô. Mas, opa! Se tanta coisa é proibida, provavelmente existem algumas regrinhas invisíveis para ordenar a convivência destes seres descompromissados que querem alguém para chamar de seu apenas um dia por semana.

Seguir todas as regras sempre será um insucesso, mas escolha as que surtirão mais efeito no seu caso e tente ser feliz com o (a) peguete sem parecer uma maluca obsessiva ou um galinha desinteressado.

Não pergunte.

Esta é a regra de ouro. Silêncio é ouro. Portanto, se você já sabe que ele ou ela estão livres para soltar a franga por aí, nada de perguntar “Quem? Onde? Quando? O que você fez no verão passado?”. Além de gerar uma situação constrangedora desnecessária, o importante é que agora o (a) ficante está ali só pra você. Encher o saco com perguntas capiciosas só irá afastar o outro. Agora, se você está descontente ou acha que o outro abusou da sorte, engula a raiva e espere até nossa última regrinha.

Não cobre.

Cobranças serão tão inúteis quanto perguntas, com a diferença que aqui você dá um passo a frente na chatice e começa a exigir mudanças da parte do outro. “Não saia com grupo xis de amigos”, “não gostei que você foi pro bar com a galera da faculdade” e etc, etc. Engula esse ciúme e analise se você está em posição de fazer o mesmo que o outro. Se você estiver rejeitando balada ou qualquer outra coisa por causa deste (a) infeliz, pare agora e vá curtir a vida igualmente. Agora se você não é o maior fã de badalação, também não pode exigir que o outro não seja. Vamos deixar claro que ciúme é o sentimento mais humano que existe e está em todo o lugar. Para mim, aliás, essa é a parte mais paradoxal desses relacionamentozinhos modernos: “não te quero só pra mim, mas não te quero com os outros”.

Outro tópico: cobrar carinho, atenção, sexo e o resto do pacote são coisas que você faz com o seu namorado(a), com seu marido/esposa, com seu cachorro e sua gata (não cobre sexo dos animais, hein? Por favor.). Entenda que se fulana ou fulano já é desinteressado no estágio sem compromisso, dificilmente irá mudar e se tornar um “doce sexy” da noite pro dia. Mais de 90% dos namoros evoluem de uma ficada, portanto saiba que o que acontecerá no “próximo level” é um reflexo do que vocês já têm hoje. Se as coisas caminham para um certo rumo e não é bem isso que você quer, fique atento(a).

Não seja sem noção.
Isso aqui já era pra ser padrão, todo mundo deveria saber e tal, mas não custa avisar, né? Vou resumir, em três pontos rápidos:

  • Não fique com outro(a) numa festa/balada em que ele também estiver.
    Não importa se vocês estão juntos neste evento ou não, simplesmente não rola. Por mais desencanado(a) que a outra pessoa possa parecer, é óbvio que em algum momento vai dar merda. Evite enxaquecas, preserve seu estômago e, enfim, o mais importante: tenha respeito.
  • Os amigos dele e as amigas dela são terminantemente proibidos.
    Por que? PORQUE VAI-DAR-MERDA.
  • Se você for o lado afetado pela “merda”, faça carão e não discuta em público.
    Nunca, jamais. Entendeu? Tenha educação, tire seu time de campo e saiba que exigências não cabem ali. Se a outra pessoa agiu dessa forma é simplesmente porque ela não te respeita. Simples.

Ou seja? Se não quer foder com tudo nem enfiar o pé na jaca, comporte-se. Além do mais, não é porque vocês não estão loucamente apaixonados que não devem respeito um ao outro. O básico, né, minha gente?!

Não discuta a relação.

Uma das melhores formas de escapar de qualquer situação constrangedora ou chata que esteja alfinetando o seu relacionamento livre que deveria ser “perfeito e delicioso” é sair fora. Terminar. Tchau.

Mas, vamos lá: caia na real. Nunca uma “ficada” prolongada vai ser perfeita e deliciosa do jeito que todo mundo imagina. Por exemplo: “a gente vai se conhecendo, saindo sempre, mas podemos ficar com outras pessoas. Quando o sentimento bater a gente decide se namora, mas aí estaremos apaixonados e não vamos querer mais ninguém. Ou, sei lá, se não rolar, cada um segue sua vida e amigos, amigos.”

Eventualmente vão contar pra ela quem foi a zinha que você pegou na balada, eventualmente vai chegar até ele que você andou tendo papos calientes com o bixo dele da faculdade, eventualmente vocês vão ter ciúmes, vão brigar e alguém vai querer discutir a relação, vai querer cobrar, vai começar a perguntar. Ou seja? Inferno.

Se você está disposto a abrir a porta do inferno, revirar o baú e resolver a situação: sorria, você está apaixonado. E está mais que certo. Agora se você não tá afim de ser feito de palhaço, pierrot ou colombina, break free. Saia fora. Isso não te pertence mais e provavelmente não está sendo lá tão saudável.

Saiba que a outra pessoa pode até estar interessada em revirar o baú e, óbvio, geralmente alguém quer mais que o outro, mas quando um não quer, dois não fazem, certo? Certo. Inclusive aproveito para propor que se os dois estiverem dispostos a sentar e abrir o jogo, pensem se também não é hora de engatar algo mais sério. Afinal, aí sim vocês poderão ter regras à vontade e aproveitar os bônus de outro tipo de relacionamento, como passar o domingão juntos vendo filmes pornô embaixo do edredom. 8)

Related Posts with Thumbnails

Comentários do Post

  1. xananananananana comentou no dia 26/mar/2009 às 1:30 am

    são as regras básicas a serem seguidas quando não se está tão interessado na outra pessoa, quando é só uma peguete mesmo. Quando é isso, barbadinha, mas quando anda-se um centímetro a frente disso, já fica difícil segurar as perguntas, cobranças e coisas do tipo. Ou então, quando é pela parte contrária que surge isso, chuta-se o balde, e parte-se pra outra. impossível suportar perguntas/cobranças e as outras duas regras, quando não se está nem aí…
    dicas a serem seguidas.

  2. Aline comentou no dia 26/mar/2009 às 1:41 am

    Não ficar com amigos do ficante é muito fácil quando se mora numa cidade grande. Aqui onde eu moro é praticamente impossivel ficar com alguem que nao conhece alguem q vc ja ficou.
    Maldito interior com nome de Capital.

  3. Valci Pessoa. comentou no dia 26/mar/2009 às 2:30 am

    Vou seguir duas dessas regras, uma delas é impossível e a outra eu já sigo mui bem.. rsrs!
    Adorei o post

  4. Chico Montenegro comentou no dia 26/mar/2009 às 7:42 am

    A parte da DR é uma coisa que acontece freguentemente com minhas ficadas. Isso mata minhas esperanças de um relacionamento longo logo de cara.

    Belo post! :-)

  5. Sandrinha comentou no dia 26/mar/2009 às 8:05 am

    Não seja sem noção kkk Tem gente que não sabe o que é isso ¬¬

  6. Alexandre Formagio comentou no dia 26/mar/2009 às 9:36 am

    Muito bom o post e concordo, ficar tem que ser algo prazeroso, realmente é pra ser conhecer, se começar com a encanação, simplesmente vai dar merda, “se já está assim agora, imagina se rolar namoro… to fora!” :)

  7. Cansada de ser boazinha comentou no dia 26/mar/2009 às 10:13 am

    Muito bom o post… mas eu não consigo ser natural, não adianta. Só de saber que o cara vai direto pra balada, fica com outras, recebe recados no orkut com coisas tipo ’saudade’ de outras me deixa chateada. Deve ser por isso que estou solteira, hehehehe. Mas eu não cobro nada, só desapareço. Acho que se o cara curte a vida como se eu não existisse, dificilmente, isso vai virar algo mais sério.

  8. Juli comentou no dia 26/mar/2009 às 10:55 am

    Droga,estou em uma situação assim :S O foda é segurar o ciume(pq sempre dá merda) Dá a volta por cima…mas do restante está indo direitinho….(axo)

  9. Aussie Boy comentou no dia 26/mar/2009 às 11:22 am

    Algumas regras sao verdades, mas algumas dependem do ESTILO da ficada e do ESTILO da pessoa.

    Tenho uma ficante que seu a vir pegando outro cara, to nem ai, nem ai mesmo e ela idem (ja saimos de casal, porem eu com outra e ela com outro haha) e tudo continua otimo. Nos ficamos POR QUE É BOM, sem relacao, sem apego sentimental… Confesso que adoro mulher assim e ta dificil de achar, minha ficante atual me trata igual namorado. Mas o sexo com ela (ainda) é bom, fazer oq. hehe.

  10. Fernanda comentou no dia 26/mar/2009 às 11:38 am

    “Os amigos dele e as amigas dela são terminantemente proibidos.” E eu sou a prova viva que isso dá merda sempre! Não importa que vc está bêbado (a) ou que eles são parecidos (após muita bebida), isso sempre vai foder tudo. =(

    Acho que o ciúmes é a parte mais fácil para eu agüentar. Sou ciumenta, mas sei quando é a hora certa…

  11. Gabriel Vinicius comentou no dia 26/mar/2009 às 12:04 pm

    Belo post a parte do não cobre e não pergunte, resumiu muita coisa que eu passei no meu último relacionamento

  12. Felipe Gomes comentou no dia 26/mar/2009 às 12:44 pm

    Discutir relação, como eu fico louco com uma ficante quando ela quer fazer isso! Ainda bem que é raridade.

    Caprichou, Fê. Isso ai! ;)

    Um beijo,
    Felipe Gomes.

  13. comentou no dia 26/mar/2009 às 12:45 pm

    é queridos..!
    São 4 regras, regras são feitas pra serem quebradas e é quase impossível seguir todas elas, mas, como eu disse, o importante é dosar dependendo do relacionamento em que você está.

    Mas, enfim, essas são só algumas coisas que eu já aprendi e que no geral acontecem! Que bom que vocês curtiram :D

  14. Anne comentou no dia 26/mar/2009 às 1:07 pm

    Okay, concordo com muitas coisas, são bem válidas.
    Mas veja meu caso. Fiquei com “X” por um bom tempo até. Ai fui na cidade dele, e “X” ficou com uma “Zinha” eu práládebagdá fiquei com “H” que é amigo amigo de “X”.
    Resultado: fiquei melhor amiga de “H” e continuo pegando “X” e a “Zinha” não pega nem resfriado :D E “X” e “H” continuam amigos.
    Sei que é só uma excessão. Mas foi só depois disso que vimos o ciume e etc, não namoramos, ainda somos do tipo ficantes moderninhos, mas começou a rolar um respeito maior um com o outro. Se vamos ou nos encontramos numa mesma balada não rola mais isso, ficamos juntos. E pelo que fiquei sabendo nesses dias, estou me tornando exclusiva e vice-versa ;D

  15. Sabiá comentou no dia 26/mar/2009 às 1:27 pm

    Pintosa, resumiu os outros posts já comentados…

  16. Bruno comentou no dia 26/mar/2009 às 1:51 pm

    Bem, o melhor agora é colar essas regras na porta do guarda-roupa e ler toda vez que for sair de casa… hahahaha…
    Ja passei por poucas e boas também. Ciumes é foda, não importa em que estágio esteja. Por mais desencanado que eu esteja, sempre bate a ponta de ciumes ver uma peguete com outro. Fato.

  17. Ingrid comentou no dia 26/mar/2009 às 2:19 pm

    Essa coisa de não cobrar as vezes é complicado!
    Mas meu orgulho faz com que mesmo que eu queira explodir cheia de mimimi em cima do gato , eu consiga me controlar.
    As vezes ser orgulhosa tem lá suas vantagens!

  18. Sexy Help Desk comentou no dia 26/mar/2009 às 2:46 pm

    Varavilhoso post!! É isso ai mesmo.. se vc faz a opcao de só ficar tem que segui esse manual de conduta!! Parabéns!!! Bjao do SHD..

    Alberto do Sexy Help Desk publicou um post sobre.. Você sabe o que é o câncer de mama inflamatório? Então, divulgue!

  19. Nathalia comentou no dia 26/mar/2009 às 3:03 pm

    Muitooooooo bom =]
    Parabéns pelo post. Adorei a parte do não seja sem noção.

  20. Abigail de Souza comentou no dia 26/mar/2009 às 7:41 pm

    vc abrir teu passado (negro) amoroso já é merda c namorado e com ficante entao…xxiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii
    já o dos amigos é meio dificil por aqui em natal, que todo mundo conhece todo mundo, a não ser que a pessoa comece a ficar com os gringos.

  21. Mya comentou no dia 26/mar/2009 às 11:09 pm

    Bom post. Li por cima, mas gostei muito… Essa “etiqueta” tem muita gente que não segue, mas devia ser senso comum!

  22. Fábio Valentim comentou no dia 31/mar/2009 às 12:10 pm

    Estas regras são boas. Vou seguir a risca. Beijos. Se quiser ficar comigo, estamos a disposição.

  23. fake-doll.com » Blog Archive » Esqueça antes de começar. comentou no dia 15/abr/2009 às 3:30 pm

    [...] ps: para quem se interessa por este tema, leia o texto que escrevi no Diário de Solteiro: “As 4 regras do amor livre. Digo, da ficada”. [...]

  24. Ana Paula comentou no dia 20/abr/2009 às 5:41 pm

    Adorei o post, é exatamente o que acontece com os “relacionamentos” de hj! Mas é difícil seguir a risca, mas tem q tentar! hehehehe

  25. Danzinha comentou no dia 05/jun/2009 às 5:38 pm

    tb adorei o post, eu tenho uns dois pegentes, até aí tudo tranquilo, nos víamos quando dava, e quando não dava, fazia outras coisas. Mas foi quando achei o terceiro, aí que f…. tudo , fiz tudo que não devia, fiquei grudenta (e olha que as pessoas costumam dizer que eu sou muito desligada nos cuidados do amado), questionadora….. enfim, acho que me amarrei no carinha. Conclusão, ás vezes não depende de vc, acho que da química do início, foi adicionado um composto a mais….. rsrrs e foi assim que aconteceu… mas pena que o final não foi feliz.

  26. Míriam comentou no dia 30/jun/2010 às 4:20 pm

    Adorei o post.
    E a carapuça serviu em mim.
    Vou seguir a risca todos esses conselhos.
    E vou ler todos os dias quando eu for ver o meu ficante.
    Beijos a todos!

  27. Adriana comentou no dia 16/set/2010 às 12:06 pm

    Eu tava levando meu ficante com a maior tranquilidade. Se pintava um ciúme eu sublimava. Mas ele era cheio de neura: se o “dele” era maior, tinha ciume dos meus ex… e um dia teve um siricutico pq, numa conversa sobre beleza, disse que meu ex namorado é considerado um homem muito bonito. Ora, se eu quisesse estar com meu ex, eu estaria. Ciúme não cabe em pegação. Ou namora, ou engole o ciúme.

  28. Tayla comentou no dia 06/out/2010 às 10:52 pm

    Nossa, cara, eu mudei totalmente meu modo de pensar em relaçao a “ficada” sabe, nao eh nem exatamente a ficada em si, mais oq eu sentia por um cara q eu conheci ha mais e faz qse dois anos q eu nao vejo ele, e a gente “ficava”, e as vezes eu ate cheguei a pensar q seria um namoro msm, mais ele fazia exatamente como esta escrito ai, e ainda por cima se mudou da minha cidade sem se despedir de mim e mesmo assim, ate um tempo atras eu ainda o amava, mais agora eu cai na real e descobri q nao pode ser amor, ele nao merece isso… e assim vou tentando dar um novo rumo a minha vida! ;)

  29. Tiago comentou no dia 07/out/2010 às 5:53 pm

    Outro tópico: cobrar carinho, atenção, sexo e o resto do pacote são coisas que você faz com o seu namorado(a), com seu marido/esposa, com seu cachorro e sua gata (não cobre sexo dos animais, hein? Por favor.). KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK eu ri.

  30. Dayane comentou no dia 27/jan/2011 às 9:31 pm

    Estou apaixonada pelo meu primo o qu fasso?
    Ele tem namora e ele gosta dela,mais ela é muito ruim pra ele!e a familia não gosta dela!

  31. rute comentou no dia 27/mar/2011 às 1:12 pm

    acho legal esse lance de ficar pelo menos as pessoas nao fica pegando no seu pé.natigamente era assim conheceu namorou era namorado agora nao vc namora si vc quizer e tao normal hj mulher so fica

  32. Paulo João comentou no dia 20/fev/2012 às 2:08 pm

    Gostei. Boas dicas. :)

  33. Fernando Gabriel comentou no dia 06/out/2012 às 4:55 pm

    Doutor, preciso de umas dicas com minha ficante, estamos ficando a 1 mês, talvez até mais, e ela já tocou no assunto de sermos namorados, perguntou se agente iria ter algo serio, ai eu disse pra ela deixar rolar, e na época eu não era tão afim dela como estou agora, e ela é do tipo tímida, sempre eu que tenho que tomar atitudes… O que faz parecer que ela é meio fria, mais ela sempre foi assim, desde que conheci ela, e eu queria umas dicas de como tornar isso um relacionamento sério e que ela seja mais aberta comigo, e que ela tome atitudes, e que não fique só esperando pelas minhas, o senhor pode me dizer o que eu devo fazer pra que isso se realize ?

    Entre em contato comigo, me envie um EMAIL, com as dicas…
    Lhe agradeço desde já !
    Meu EMAIL e MSN é: gabfinix05@hotmail.com

Faça seu comentário





Assine o Feed do Diário de Solteiro

Quer receber as atualizações do Diário de Solteiro? Basta assinar nosso feed. Você pode receber as atualizações em seu leitor de feeds favorito (como o GoogleReader) clicando aqui ou pode inscrever seu e-mail abaixo e receber as novidades direto em seu e-mail diariamente!

Onde estamos

O Diário de Solteiro tem conteúdo espalhado por várias redes sociais. Participe conosco e faça as comunidades crescerem!

Últimos posts


© 2008-2011 Diário de Solteiro - Todos os direitos reservados