Powered By:
Android Advice

Diário de Solteiro

Proibido é mais gostoso?

Publicado por carolina em 6 outubro, 2009 às 12:10 am | 47 comentários

Tags:

Será? Tem muita gente por aí que afirma que o sexo proibido é sempre mais gostoso. Eu, por exemplo, acho muito excitante uma relação sexual em que corro o risco de estar sendo observada ou de ser pega no flagra por alguém. Se você pensa como eu, tenha a certeza de que não estamos sozinhos. Lembra do caso da Cicarelli com o namorado em uma praia na Espanha? Foi um escândalo por ela ser uma pessoa pública, mas tenho que admitir que adrenalina não faltou ali. Muitos criticaram o casal pela atitude, mas quem garante que não faria o mesmo se estivesse morrendo de vontade?

Por que é tão gostosa a sensação de perigo? (principalmente no sexo)

As situações de perigo liberam adrenalina, um neurotransmissor que ajuda a estimular a dopamina no cérebro, o que faz os fluidos corporais circular mais depressa, melhorando a resposta sexual. Para atingir o orgasmo, o sistema nervoso envia ordens ao coração para que os batimentos cardíacos se acelerem. A adrenalina, despejada pelas glândulas adrenais, é jogada no sangue e dilata as artérias, aumentando o fluxo sanguíneo nos músculos envolvidos nas atividades sexuais. Para uma melhor oxigenação do sangue, os pulmões aumentam o seu trabalho, e a respiração se torna curta e rápida. O suor aumenta, provavelmente para dissipar o calor acumulado do corpo. Assim é como ficamos nas horas em que nos vemos em perigo e essa sensação nos faz muito bem.

Mas nem sempre a questão é a emoção do ato. Às vezes o tesão é incontrolável, então se não tem pra onde fugir, a gente acaba fazendo em qualquer lugar, sem sequer pensar que alguém pode chegar e surpreender o casal “com as calças na mão”. É quando surgem aquelas histórias que a gente conta pros amigos e ninguém acredita, como quando você transou com uma peguete na hora do almoço no terraço de um arranha-céu da Av. Paulista. Dentre os lugares mais inusitados, tem sempre alguém que já transou na do quarto, varanda do apartamento, banheiro da balada, escadaria de incêndio (clássica), biblioteca, cabine telefônica, elevador, consultório odontológico, em parques públicos e locais abertos, aviões e muitos outros lugares que agora não me vieram na cabeça. Não tão confortável, mas providencial, pode ser o carro – num drive-in, estacionamento, perto da praia, no acostamento, correndo risco de ser interrompido pela guarda municipal…Já tive experiências muito boas que merecem ser lembradas, mas a minha preferida foi no banheiro do ônibus de viagem. Apesar de ser um tanto desconfortável pelo pouco espaço, é uma transa que valeu muito à pena.

E você, leitor? Tem algum local incrível que fez valer a rapidinha?? Conta pra mim! Divida com a gente. Nós vamos adorar dividir experiências.

Beijo e sucesso.

www.sexonapontadalingua.com

No twitter: /carolinadiniz

Related Posts with Thumbnails

Comentários do Post

  1. Jackeline Aguiar comentou no dia 06/out/2009 às 12:27 am

    Proibido é mais gostoso …. FATO.
    Acredito que ninguém pode dizer o contrário, se o fizer, é porque nunca viveu a experiência. Embora eu tenha estado em alguns bons lugares, o banco de trás de carro, no meio da rua e a cadeira no fundo da casa, com os pais na sala… serão inesquecíveis… ;-P
    Ótimo texto….

  2. Glaucio Henrique comentou no dia 06/out/2009 às 12:33 am

    EU já transei no apartamento da praia da minha ex namorada deitado num colchão na sala. Até aí normal… mas o detalhe era que o pai e a mãeda moça estavam no colchão do lado… 30 cm de distância…

  3. comentou no dia 06/out/2009 às 12:40 am

    Idem ao Glaucio, só que eram mãe e tia do meu marido hehehehe

  4. Felipe Gomes comentou no dia 06/out/2009 às 12:48 am

    O lugar mais legal que eu fiz foi na beira da estrada. À plena luz do dia, com carros passando e tudo mais. Foi muito legal!

    E também já rolou essas da mãe da minha ex estar no mesmo quarto… Haha é cada uma.

    Ótimo post, Carol. Andou meio sumida. É bom vê-la por aqui. :)

    Um beijo, Fê.

  5. Guiga comentou no dia 06/out/2009 às 1:47 am

    É…sexo “proibido” tem seu valor!
    Carro estacionado na rua hoje em dia é um perigo! Já soube de um casal que foi abordado, estuprado e assaltado! Não vale o risco, né?
    Mas se for em banheiro de restaurante, na sacada de casa…aí tá valendoooo!!!! ;)

  6. Luh comentou no dia 06/out/2009 às 8:50 am

    Hum….
    isso me trás ótimas lembranças….
    na varanda da casa do meu ex, com uma festa rolando na casa…
    aiai…

  7. Juh comentou no dia 06/out/2009 às 9:10 am

    Aaah,
    Ótimo post… :)

    Ixiii, com certeza quando bate a vontade..
    Não tem jeito!
    Um lugar que nunca vou esquecer
    foi na rua, atras de uma banca de revista… a noite!

  8. Sergio comentou no dia 06/out/2009 às 9:17 am

    lugares proibidos são os melhores, alem de se tornarem inesqueciveis!!!!
    ja tive varias histórias… no meio da rua, no carro, na cama do lado dos irmaos da ex, no banheiro e no banco do onibus indo pra oktoberfest… mas as mais loucas foram nas minhas férias deste ano em Porto Seguro…
    rolou nas dependencias do hotel, na piscina, no carro, no mar, na balada… mas a mais incrivel foi de manha na areia com um por do sol maravilhoso… com as pessoas fazendo caminhada e no final correndo com as roupas na mao para nao sermos pego pela policia!!!
    foi inesquecivel!!!!

  9. °abracadabra° comentou no dia 06/out/2009 às 9:43 am

    Parabéns pelo post!
    Na hora que bate a vontade é tenso mesmo e vale qualquer lugar…já parei no meio da festa e corri pra um quarto encostei a porta e rolou ali mesmo, alguns minutos depois voltamos nos ajeitando como se nada tivesse acontecido obviamente varias pessoas perceberam. Mais foi perfeito ela estava com uma saia e não tive nem o trabalho de tirar nada, foi muito rapido muito louco….a outra inesquecivel foi após umas doses de wiskhy a pedra no final da praia estava nos convidando..rs. E tinha uma boate em frete a pedra, paramos ali mesmo e não aguentamos..foi tambem outra coisa louca…

  10. Alien comentou no dia 06/out/2009 às 9:50 am

    Fiquei orgulhosa de voce pequena gafanhota!!
    No outro site você ficou toda irritadinha com minha explicação biológica sobre sexo e agora você dá uma maravilhosa aula e mistura ambos.
    Post de gente grande, profissional.
    PARABENS! ;)

  11. Thiago Oliveira comentou no dia 06/out/2009 às 9:54 am

    Sim, com certeza, sexo proibido é mais gostoso! A sensação de adrenalina por causa da situação, o tesão à flor da pele, tudo isso deixa o momento mais gostoso, mais excitante. Vivi um momento assim há alguns meses quando transei com uma paixão no estacionamento de um supermercado. Era um olho na transa e outro ao redor pra não deixar ninguém suspeitar. Foi uma sensação gostosa de se viver! E pretento viver outras! O problema é que hoje em dia quase todos os lugares possuem câmeras e daí pra cair na internet é fácil. E cá entre nós, a partir daí já não é excitante. Mas, eu pretendo sim viver novas aventuras.

  12. Leonardo Foliene comentou no dia 06/out/2009 às 9:56 am

    Lugares públicos são muito estimulantes…

  13. Mina das Minas comentou no dia 06/out/2009 às 10:32 am

    @Thiago Oliveira – confesso que tenho medo de cair na rede tb… mas confesso que ja me arrisquei bastante por aí!
    Todo mundo tem a sua inesquecível néh… eu me recordo do meu 1º carnaval em salvador, na escada do hotel com um amigo de escursão, detalhe… foi uma amostra grátis… quem passou viu e acreditem ninguém voltou pra reclamar!

  14. Viviane Mclean comentou no dia 06/out/2009 às 10:36 am

    Nossa, passou um filme na minha cabeça em relação a tudo o que eu já fiz…hahaha…

  15. Thiago Oliveira comentou no dia 06/out/2009 às 10:41 am

    @Mina das minas – Pois é, tem que tomar cuidado mesmo, afinal, viajar e ser preso por atentado violento ao pudor não é lá uma agradável maneira de curtir umas férias. (risos) Deve-se ficar com um olho no queijo e outro no rato. (risos) Feito isso, o barato é curtir e se entregar ao prazer!

  16. Thiago Oliveira comentou no dia 06/out/2009 às 10:45 am

    Pois é, Viviane Mclean, este post realmente nos faz relembrar de muitas aventuras que vivemos. Recordar é viver! (risos) O melhor é que de tanto recordar agora minhas aventuras já está me batendo uma vontade de viver outra. Ah se eu pudesse pôr em prática o que eu estou pensando agora! (risos)

  17. Laysa comentou no dia 06/out/2009 às 11:30 am

    “Vivo em constante perigo” (com trocadilho por favor)

    kkkkkkkkkk

    bom textoo

    beiijos

  18. Prisicila comentou no dia 06/out/2009 às 11:34 am

    Ja aconteceu de eu e meu ex estarmos viajando com a familia para um casamento, e todo mundo dormindo em uam especie de dormitorio com varias beliches. Porém resolvemos pegar nosos colchãozinho e por no chao e fazer uam caminha de casal (ninguem se importou)… pois rolou.. e rolou FORTE com a familia inteira dele dentro do dormitorio ><

  19. nilton comentou no dia 06/out/2009 às 11:35 am

    Pois é, já tive uma experiencia assim…
    na casa de um amigo meu, ele saiu pra comprar umas bebidas e aproveitei que estava sozinho com a mina e né…
    mas agora aqui no serviço tem uma mina que ta dando mole, passa varias vezes pela minha cabeça levar ela para um banheiro…
    mas falta coragem :/

  20. Miah comentou no dia 06/out/2009 às 12:19 pm

    vou na classica… escada de incendio =X hehehe

  21. Leandro Duarte comentou no dia 06/out/2009 às 1:03 pm

    um salve para quem inventou o famigerado “de ladinho” pois ele possibilitou todas essas histórias de sexo na sala com o resto da familia assistindo programa do gugu no sofá ao lado
    =D

  22. Gabriel Khan comentou no dia 06/out/2009 às 2:21 pm

    Carol, gosto de associações comportamentais com nossa biologia, herança genética, etc. Acredito que muito do que fazemos e agimos, pode ser explicado por essas características, inclusive o do porque quando a mulher está no cio prefere os homens cafas e quando passa prefere os homens bonzinhos mas que proporcionam segurança. Explica também porque nós hombres sempre procuramos um buraco pra enterrar o pitoko, simples necessidade biologica reprodutiva! Fato!

    Já meu caso de gozo-no-perigo foi uma maravilha só mas também uma grande lição de que devemos sim fazer umas maluquices-sexuais mas que a nossa vida é muito mais importante.

    Estava eu e minha inspiração-poética-ejaculatória num belo inicio de noite em Barra do Una, São Sebastião e o fogo pegou. Procuramos um canto da praia meio escuro e começamos em pé mesmo o chaco-chaco. Isso era em pé e um de frente para o outro e somente ela com uma perna ligeiramente levantada. Na segunda rodada do chaco-chaco aparece uma família e nos surpreende de uma forma inusitada, onde a mulher dá um grito de espanto porque viu minha bunda cabeluda desnuda, a bermuda no joelho e um movimento rítmico anormal para um lugar daqueles. A reação da minha cumplice-de-pecado foi simplesmente baixar a perna e baixar a saia, acontecendo o desencaixe e eu virando com o pitoko ainda duro e ficando de frente pra família toda que nos pegou no chaco-chaco.
    O cara queria me dar uma pancadas pelo desrespeito de mostrar o pitoko duro pra família dele, ai o jeito foi sair correndo, e eu no afã de fechar o ziper, prendi o coro do saco no ziper da bermuda que mamãe me deu. Pra quem tem saco sabe que o corinho das bolas é de uma sensibilidade muito grande.
    Uma semana depois no mesmo lugar um casal foi assassinado pois foram pegos por dois bandidos, transando e reagiram ao assalto.
    Resumo, foi uma das melhores fodas da minha vida, peguei trauma de bermuda com ziper e não faço mais amor numa praia nem com a mulher mais lida do mundo.

  23. Naninha comentou no dia 06/out/2009 às 4:00 pm

    pitoko?
    kkkkk

  24. Eka comentou no dia 06/out/2009 às 4:02 pm

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  25. Nathália* comentou no dia 06/out/2009 às 4:16 pm

    “pitoko? kkkkk” [2]

  26. Piero comentou no dia 06/out/2009 às 4:20 pm

    Hahahahahhaa . Muito boa, e muito verdade tbm.

    Minhas top 3 assim:

    1) banheiro feminino de balada: eu com uma australiana louca q eu tinha conhecido, comeca a esquentar o clima e (sem querer, acaso mesmo) a gente se encontra na porta do banheiro e sem ninguem la dentro. Teve gente q entrou enquanto a gente tava la mas a gente ja tava trancado hahaha

    2) Mesa do meu chefe: Sabe a semana q o chefe ta um cu , q ninguem aguenta? Entao, o cara era um ingles pau de bosta, encheu tanto nosso saco q a gente teve q tomar uns vinho numa sexta feira trabalhando longas hrs. Umas 9 da noite, uma aleman gostosinha, secretaria dele chega la , me traz outro vinho e comeca ficar dando mole. Sorte q a mesa dele nao era de vidro :) (O seguranca da empresa viu na camera, mas ele tinha o rabo preso comigo tbm haha)

    terceira e a melhor: Natal do ano passado , festa na minha casa, a mina q eu tava afim q eh uma brasileira deliciosa veio, e trouxe o namorado (um frances de uns dois metros de altura). Tomei varios drinks com o kara, convenci ele q eu era um cara gente boa e cuidadoso e q era perigoso ele ir p/ casa pq os dois tavam bebados , entao ele ficasse ali, eu ate deixava ele dormir na minha cama com a mina dele. Ele aceitou. 15 minutos e dois drinks depois, ele tava capotado no sofa da sala parecendo um urso. Meia hora e duas tacas de vinho depois, eu e a namorada dele fazendo o sexo mais louco da minha vida a um metro e meio dele , dividido por uma parede :)

  27. Kevin comentou no dia 06/out/2009 às 4:20 pm

    Esse negócio de trepar com a familia dormindo no mesmo quarto não dá certo, tenho um amigo que acabou acordando os pais… sorte dele que os pais foram “compreensivos”…

    Ficaram na mesma posição por horas, o pai deixou de ir ao banheiro durante a noite e que estava com vontade, para não deixar as “crianças” constrangidas. E no outro dia deu um toque no filho para segurar a onda as vezes…

  28. Ana Paula** comentou no dia 06/out/2009 às 4:34 pm

    Legal o texto…
    Tive uma situação parecida com a do Glaucio…
    Foi na fazenda do meu ex com a minha sogra dormindo numa
    cama ao lado..mas eh aquela coisa, na hora da adrenalina a gnt nem se importa cm quem ta do lado, mas no outro dia tava um pouquinho de vergonha…kkkkkk
    Mas não arrependida…E adoro um “probido ou escondido” é sempre mais gostoso!!

    beijos

  29. Gabriel Khan comentou no dia 06/out/2009 às 4:37 pm

    @Naninha Nathália* cês acham que se eu falasse “perna-de-mesa” alguem ia acreditar? (nem eu acreditaria). Algumas coisas sub-divulgamos para encantar “a cliente”…. ;-)

  30. Veronica comentou no dia 06/out/2009 às 5:34 pm

    Tudo que é proibido é mais gostoso! Fato# e assino em baixo!

  31. Rose comentou no dia 06/out/2009 às 5:51 pm

    Nunca fiz nada disso ae.

  32. Gabriel Khan comentou no dia 06/out/2009 às 6:08 pm

    @Rose –> mentirosa

  33. Ingrid O. comentou no dia 06/out/2009 às 6:48 pm

    Que tudo que é proibido é mais gostoso ninguém duvida…rs
    Se rolar uma mega dose de adrenalina junto então… PERFEITO!!!
    Estou me sentindo ótima por saber que eu não sou a única doida por adrenalina nesse mundo …

    Vamos a minha TOP – Estava voltando do Petar (para quem não conhece é um Parque que tem cavernas, recomendo !!!! ) com meu ex e depois de um feriado inteiro fazendo loucuras sexuais in natura… na volta estava aquele anda e para, anda e para… depois de “brincar” muito… e cheios de tesão resolvemos a questão no meio da estrada… pelos comentários que ouvimos… acho que gostaram tanto quanto eu …

  34. Kessley comentou no dia 06/out/2009 às 8:13 pm

    CRIANÇAS…não tentem isso em casa…
    Eu estava voltando de uma festa (rave) completamente “alucinado” com a minha ex…ela tava de saia e eu tava muito zuado…peguei o carro e fui dirigindo…eu tav vendo estrelas quando ela tirou a abriu minha bermuda e caiu de boca…ahhhh…eu não aguentei de tesão…afastei o banco o mais para trás que pude…tava com os pedais na ponta dos pés…e ela veio por cima de frente pra mim com o carro em movimento…no eixão de Brasília a velocidade é 80km/h eu tava a 30km/h…com um monte de carro nos lados…hehehhe
    Aí não sabia se pegava nos peitos,se olhava pra frente,se eu passava a marcha…loucura demais…

  35. anonima nessa...rs comentou no dia 06/out/2009 às 8:59 pm

    Ah… casal nas pedras da praia é clássico. Ano novo, ex e eu tivemos a brilhante idéia de ir p/ as pedras, chegando lá percebemos que a idéia não era mto original, tinha 3 casais fazendo a msm coisa. Como a vontade era mta e ngm podia julgar ngm ali, rolou. Mto bacana.

    Mas a inesquecível msm foi no caminho de uma praia a outra pelo litoral, fim de tarde. Estavamos na caçamba aberta de uma S10 em movimento, com amigos na cabine. Vento bagunçando mais ainda o cabelo. Só vivendo!rs

  36. Carolina Diniz comentou no dia 06/out/2009 às 11:52 pm

    genteeeeeeeeeeeeeeee…..

    quanta história boa…quantas idéias eu tive…hmmmm

    Desculpe-me por não poder responder um a um, mas fiquei o dia todo no trabalho.

    Beijão e muito obrigada

  37. Gabriel Khan comentou no dia 07/out/2009 às 6:47 am

    Respostinha “choxa” hem Carol!

  38. Thiago Oliveira comentou no dia 07/out/2009 às 1:07 pm

    O interessante nos comentários é que a maioria cita que fez com seu/sua ex. E os/as atuais? Será que estão deixando a desejar? (risos)
    Em todo caso, são ótimos os comentários!

  39. Nathália* comentou no dia 07/out/2009 às 1:23 pm

    Thiago Oliveira, acho que ninguém tá falando dos atuais porque a maioria aqui é solteiro…

  40. Carolina Diniz comentou no dia 07/out/2009 às 1:36 pm

    @Gabriel Khan,

    Pq???

    Dá uma olhadinha na hora que eu comentei. Pensa numa pessoa que estava muittooooo cansada por ter trabalhado até aquela hora e ainda precisava terminar doi trabalhos para a faculdade.
    Não é fácil conciliar tudo, né.

    Beijão…

  41. Gabriel Khan comentou no dia 07/out/2009 às 3:05 pm

    @Thiago Oliveira e @Nathália* além de a maioria estar (ser) solteiro, os relatos postados não são tão comuns. Pelo menos comigo da ex-inspiração-poética-ejaculatória já tive algumas depois, porém nenhuma fiz loucuras de amor. Acho que essas coisas não são bem planejadas, além de perigosas. Eu que o diga, ia ficando com o pitoko sem saco, ou um saco passado num ziper!
    Ja tive vontade de planejar algumas em locais inusitados, até pergunto se a namorada tem alguma fantasia, mas acho que no susto é melhor.

  42. Thiago Oliveira comentou no dia 07/out/2009 às 10:02 pm

    @Gabriel Khan e @Nathália – Tem razão. Faz sentido mesmo. O Diário de solteiro é pra gente solteira. Que mancada eu dei! (risos)

  43. Marlon comentou no dia 09/out/2009 às 10:30 am

    Massa é na casa da namorada, com os pais dela lá, no quarto ao lado, com as portas e janelas abertas. Tudo que te salva é a TV no quarto dos velhos, que os prende por lá

    Parque público também é sensacional!!!
    Bosque do Papa, Curitiba <=== Dica para quem quer se divertir na tarde de omingo! HAIuaHIuha!!

  44. Michelle comentou no dia 15/out/2009 às 10:55 pm

    Ahahahah tava aki me lembrando de umas boas!
    Balada… no cantinho escuro! Benefício de baladas fora do Brasil, pq aqui, ainda pegam muito no pé! Mas a melhor… foi no banheiro do hospital com direito a pia pendurada e bis na escada de incêndio…

    Eita…… hahaha Eee Carol!!! Mega Beijo

  45. Luiz Fernando comentou no dia 19/out/2009 às 1:53 am

    Ah, tenho uma dica pra você. Existe uma “modalidade de sexo” chamada de dogging. Dogging é quando um casal vai para uma praça ou algum local público para transar na frente de outras pessoas. Na verdade são locais já conhecidos como locais de Dogging, pontos de encontros de casais que gostam de se sentir observados e solteiros voyeurs. Depois dê uma procurada no google por Dogging e no orkut você também encontra algumas comunidades sobre o assunto.

    Olha lá hein, se for criar um post sobre isso, quero meu nome nos créditos.

  46. irna comentou no dia 24/jun/2011 às 10:44 pm

    interessante os comentarios aqui;e eu tambem fiz umas dessas e garanto que o prazer,a vontade e o gozo e bem maior e melhor.Vc esquece de tudo ate o tempo e as pessoas por ali passando pois eu fiz na praia e foi incrivelmente goostoosso.

  47. Julyana comentou no dia 08/fev/2012 às 11:50 am

    Poiseh jah passei por umas boas:
    Na sala da procuradoria da prefeitura municipal, setor em que ele trabalha. O pior eh que era no final do expediente e as faxineiras entram para limpar, não adianta chavear a porta pois elas tem a chave;
    No arquivo do jurídico peso de processos na volta e nós no chão, na cadeira, na parede noooossa mt bom! Correndo o risco da procuradora ou do assessor jurídico entrar;
    No carro na beira da BR ( 9h);
    Na balança de caminhões (nós de carro depois das 17h);
    De carro em uma rua atrás do clube (19h);
    Bah peso de CRIME!
    heheheh

Faça seu comentário





Assine o Feed do Diário de Solteiro

Quer receber as atualizações do Diário de Solteiro? Basta assinar nosso feed. Você pode receber as atualizações em seu leitor de feeds favorito (como o GoogleReader) clicando aqui ou pode inscrever seu e-mail abaixo e receber as novidades direto em seu e-mail diariamente!

Onde estamos

O Diário de Solteiro tem conteúdo espalhado por várias redes sociais. Participe conosco e faça as comunidades crescerem!

Últimos posts


© 2008-2011 Diário de Solteiro - Todos os direitos reservados